Controle de privacidade do Facebook deve mudar nesta quarta-feira

Fundador admitiu que equipe errou ao mudar configurações pessoais.

Exposição de conteúdo dos usuários causou polêmica nas últimas semanas.

 
As mudanças nos controles de privacidade da rede social Facebook ocorrerem nesta quarta-feira (26), segundo o vice-presidente de produto, Chris Cox. As informações são do site de tecnologia TechCrunch.



Nesta segunda-feira (24), o jornal "The Washington Post" publicou um texto do fundador do site, Mark Zuckerberg, no qual ele afirmou que sua equipe "está trabalhando duro" para que os controles da informação, "de uso simplificado", entrem em funcionamento "nas próximas semanas".



Considerada a rede social número 1 do mundo, o Facebook tem cerca de 400 milhões de usuários. No mês passado, alterações no site tornaram públicas informações como cidade de residência, cidade de nascimento, interesses e amigos – até então, disponíveis apenas a amigos adicionados na rede social. Muitos internautas decidiram boicotar o site e o assunto ganhou a capa da revista Time.



"A mensagem que mais temos ouvido é que as pessoas querem controlar seus dados mais facilmente. Em poucas palavras, muitos consideram que os controles são muito complexos. Nossa intenção era oferecer controles detalhados (...), mas agora vejo que nos equivocamos", indica na carta.



Entre os novos controles está previsto o reforço da privacidade dos dados que o usuário deseja mostrar para toda comunidade.







Nenhum comentário:

Postar um comentário